top of page

Black Friday e Cyber Monday: as datas preferidas para o e-commerce


Black Friday

Aproximam-se os dois dias que mais faturam no mundo. Cerca de 188 mil milhões de euros foram gastos no passado apenas na Black Friday. Agora imagine a soma, de modo a obter o valor total, dos gastos dos consumidores na Cyber Monday à receita mencionada anteriormente. Sim, é uma receita extremamente enorme!


Um estudo realizado pela Adsmovil revela que 63% dos consumidores em Portugal pretendem aderir à Black Friday (25 de novembro) e quase 50% à Cyber Monday (28 de novembro). De modo a entender melhor este fenómeno, a Black Friday é a última sexta-feira do mês de novembro e a Cyber Monday é uma adição relativamente ao fim de semana da Black Friday.


Em Portugal, os estudos revelam que estes dias representam 18% das vendas nacionais. Em complemento, 45% dos consumidores compra após ver um anúncio do produto e 34% diz que a publicidade digital foi o meio onde viu descontos e promoções.


É uma ótima oportunidade, mas que tem de ser preparada com tempo! Ao organizar os produtos e serviços que a sua empresa pode oferecer, através de ofertas, cupões e descontos especiais, conseguirá atrair novos clientes e aumentar vendas.


Os dispositivos móveis assumem o principal papel como método de compra. Portanto, certifique-se que os seus canais digitais estão otimizados:


Existirá um fluxo adicional de visitantes, consequentemente, é necessário um site que esteja preparado e capacitado para alojar utilizadores e transações.


Uma das causas mais frequentes que impedem o consumidor de terminar a compra é a inexistência do método de pagamento que mais se lhe adequa. Para que os itens do carrinho não sejam abandonados é de extrema importância aceitar vários métodos de pagamento.


Para além disto, os portes de envio também constituem um fator de desistência de compra. Contudo, não se canse a pensar numa forma de ultrapassar este constrangimento, apenas inclua os portes de envio no preço final. Uma página de checkout organizada e intuitiva vai facilitar todo o processo.


Não se esqueça de rever e certificar-se que existe stock necessário para a procura. Um dos meios para medir a oferta que deverá ter, é utilizar como base as vendas alcançadas nos anos anteriores.


Contudo, nada disto é relevante se não perceber o seu posicionamento. Sem uma oferta competitiva estas datas promissoras serão apenas tentativas de vendas falhadas. Terá de analisar a concorrência, mas fazendo o máximo para se destacar. Por exemplo, promoções relâmpago (disponível por um curto período.)


Desejamos-lhe umas boas vendas no período movimentado do ano!



5 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page